Número total de visualizações de página

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Ausências presentes.

Continua tudo igual.
Ai e tal,o tempo apaga,o tempo faz esquecer,o tempo.....uma treta!
Continua tudo,como se tivésse sido o mês passado,a semana passada.
A dor está cá,a memória continua presente,o amor continua inalterável.
Tudo está cá,como se não se tivesse passado nada!
Continuas a fazer anos e eu a desejar-te os parabéns,mesmo não sabendo como se passam os anos(?) nessa dimensão maior onde estás,nem se ligas alguma importância a isso.
Contudo,este ano(para mim,que continuo a medir assim o tempo)tens também a companhia do nosso pai,para além da nossa mãezinha.
Neste espaço físico tão vazio e superficial onde estou de passagem,quero mandar-vos o meu amor e a ti em especial hoje,os meus parabéns.A minha percepção é limitada ou mesmo nula do espaço onde moras,mas quero acreditar,que aí também se cantam os parabéns,também se batam palmas,também se ergam taças,também se desejem felicidades.
Foi  e continua a ser esta,a forma que encontrei de lidar com as vossas ausências.
Parabéns mano!dá um grande beijo ao pai e à mãe,por mim.Qualquer dia,voltaremos a ser quatro em casa outra vez!

Sem comentários:

Enviar um comentário