Número total de visualizações de página

terça-feira, 14 de abril de 2015

E pronto!aqui estou num vazio magoado de ausência,num choro sufocado sem lágrimas,numa espécie de desamparo,numa dança de emoções entre o inacreditável e o que já era mais que previsível.
Aqui estou,numa espécie de egoísmo,a desejar voltar atrás no tempo e ter o condão de remediar o irremediável.
Aqui estou,com a sensação estranha, que ainda estás aqui a chamar por mim,só por chamar,simplesmente para saberes se estou aqui...
Aqui estou hoje,mais pobre do que ontem,do que hoje,do que nunca.Hoje perdi-te eu,ganhou-te a mãe e o mano....e quero acreditar que estão felizes os três por se reencontrarem novamente.
Aqui estou,a prestar esta homenagem a um homem maravilhoso,generoso e grande,que tive a sorte enorme de ter como pai.Foste o maior pai!mesmo no maior sofrimento,nunca te faltou um sorriso,nem a humildade.Foste Grande pai.....és Grande.
Partiu um dos homens da minha vida,partiu um dos meus grandes amores.
Amo-te querido pai.
Até já.


1 comentário: