Número total de visualizações de página

sábado, 31 de outubro de 2015

No arco-íris.

Não sei em que lugar estás,mas quero acreditar que estás bem; risonho,a contar uma graçola das tuas à mãe e ao mano e a acenar-me cá para baixo como que a dizer-me para não me preocupar convosco porque estão felizes.É assim que quero imaginar-vos,é assim que o meu coração fica mais tranquilo.
Fazes anos hoje pai.Para mim, continuas a fazer anos porque continuas comigo,como sempre,para sempre,como a mãe e como o mano.Não sei onde fica o infinito,não sei onde se esbate o arco-íris,mas sei onde mora a minha esperança,de um dia chegar perto de vós e permanecer aí para sempre e essa  esperança mora no meu peito, tão dorido como se tivésse sido ontem que que tudo se desmoronou.
Parabêns paizinho,sopra cada vela que te alumia e festeja com os nossos amores a eternidade das nossas almas.

Sem comentários:

Enviar um comentário