Número total de visualizações de página

domingo, 17 de abril de 2011

Fotografias.

Tenho estado praticamente toda a tarde a digitalizar fotografias e a variedade de sentimentos que me afloram ao espírito, é fantástica.
Umas dão-me vontade de rir, outras nem por isso, mas todas me transportam a locais e momentos que por uma razão ou por outra, me fazem acreditar que de facto a vida é isso mesmo: momentos! 
 Tenho boas memórias em  todas elas. Daqueles que me são queridos e que as partilham comigo em espírito e a sensação de que afinal a  distância não é assim tão grande, mas também daqueles que riem comigo ao recordar...
É impressionante  o poder que uma simples fotografia  tem, de nos transportar!  
Hoje, sem sair do meu computador  fui ao Algarve, ao Gerês,  ao Alentejo..... a Espanha.... sei lá! Desde os meus poucos meses de vida, passei pelos 17, 18, 20.... até quinta-feira passada, quando registei a minha última foto. Incrível, como o tempo passa .
Cada vez mais, vão cabendo menos pessoas nas minhas fotografias.
É uma realidade inversamente proporcinal, difícil de aceitar.
Até há bem pouco tempo, algumas delas estiveram bem escondidas numa gaveta que fechei a sete chaves, bem no fundo de mim mesma. Por uma razão qualquer, tinha medo de olhar para elas.
A dor que despertávam em mim, enchiam-me os olhos de água e deixávam-me um aperto no coração, que não me deixáva respirar.
Hoje, fiz um pacto com o passado:
Eu, vou só lembrar-me dos momentos bons que cada fotografia destas me  fáz reviver e ele não vai deixar que os meus olhos se voltem a encher de lágrimas de cada vez que pegar nelas.
(Mas não sei se vou conseguir cumprir a minha parte).

1 comentário:

  1. recordar é viver, as fotografias tem esse poder de nos deixarem viajar ...

    ResponderEliminar