Número total de visualizações de página

terça-feira, 5 de abril de 2011

Uma luzinha ao fundo do túnel.

Pois é. Mais de metade do caminho, já foi percorrido.
Com empurrão daqui, tropeção dali, mas também momentos inesquecíveis.
Dias em que não apetece mesmo nada, mas depois de já cá estar, "tá-se bem". Gargalhadas e brincadeiras, misturadas com trabalho e o desejo que chegue depressa a sexta-feira, mas... "tá-se bem"!
Trabalhos que nos dão a volta à cabeça, reflexões e mais reflexões...
Sem darmos por isso, temos as pastas cheias. Horas e horas de pesquisa, de aprendizagem!
O que vamos fazer depois das 7 horas até às 11.15 ou 24h?
Penso que todos somos unânimes numa coisa: vamos sentir saudades destas noites!
No fim, fica o orgulho. O ter sido capaz de fazer, de saber, de aprender. O lutar muitas vezes contra a própria vontade de dizer não e ir em frente. A coragem de olhar certas pessoas nos olhos e dizer-lhes que: "sim, estou a estudar e vou continuar, vou até  onde conseguir ir", mesmo quando vejo no seu rosto um leve sorriso de ironia.
Não me importa, porque no fim, fica o orgulho!

1 comentário:

  1. Nem mais!
    E é com orgulho que vos vejo trilhar esse caminho... agora a chegar ao fim!
    Continuem "tá-se bem".

    ResponderEliminar